Sustentabilidade Ambiental

Os cogumelos nascem com a energia do sol!

A sustentabilidade ambiental é um tema de grande atualidade mas a Funghi Valentina acredita nela desde sempre, porque a sua filosofia é fazer nascer e crescer um cogumelo fresco, bom e natural!


Em 1980, o fundador, Oriano Borghi, tinha a intenção bem clara de cultivar um produto saudável, seguro e para colocar na mesa logo após ser colhido. Fazer agricultura é cada vez mais uma filosofia, uma missão e para conseguir obter um produto que respeite a natureza e com ela se harmonize de forma suave e delicada, é necessário ter consciência do importante papel de cada um, mesmo que pequeno e da identidade com a terra que nos acolhe. Por isso as decisões da Funghi Valentina se baseiam no respeito pelo ambiente e na identificação com o local geográfico onde ela está inserida.
A empresa agrícola está instalada numa estrutura agradavelmente harmoniosa numa zona verde, nascendo na planície bolonhesa, território fértil e dedicado à agricultura de produtos já conhecidos como os espargos e as batatas, por exemplo.
A escolha de uma cultura intensiva nesta zona surge da necessidade do controlo da climatização e do crescimento, recreando condições específicas e adaptadas ao cogumelo, como no bosque.

Relativamente ao trabalho da Mãe Natureza, a Funghi Valentina aplica escolhas relevantes para o respeito pelo ambiente, pela segurança e a salubridade do produto:
  • os filtros de ar permitem utilizar apenas ar limpo e sem contaminações
  • a água de irrigação provém de lençóis de água profundos e limpos, monitorados e controlados
  • os resíduos são diferenciados e enviados para reciclagem e eliminação
  • a instalação de depuração é de lamas biológicas
  • as necessidades energéticas da empresa são alimentadas apenas numa parte mínima por energia elétrica: gás metano, energia limpa e 200 kw de energia produzidos por painéis fotovoltaicos permitem que esta empresa agrícola tenha um baixo impacto na atmosfera e no ambiente.
Também faz parte desta filosofia a escolha de uma produção de acordo com os métodos de agricultura integrada e biológica. No primeiro caso, existe uma disciplina que determina as regras a seguir, monitoradas por análises e por um organismo de certificação acreditado; no segundo, trata-se de um método aplicado ao longo de toda a cadeia e que implica a não utilização de qualquer tipo de produto químico.
Coerente com estes princípios, a empresa vende apenas o produto que cultiva e colhe e não faz aquisições a empresas externas.

Top